Cadastre-se na minha lista do WhatsApp e receba gratuitamente meus vídeos diários sobre clarividência, paranormalidade, mediunidade e experiências fora do corpo. 
 
Para cadastrar-se salve o meu número +55 21 99899-0831 na sua agenda telefônica e depois me envie uma mensagem no WhatsApp pedindo o seu cadastro. Você poderá acompanhar o nosso grupo de pesquisas e ser informado sobre os treinamentos online. Este número não recebe chamadas, apenas mensagens de WhatsApp. Qualquer dificuldade no cadastro fale comigo no email viagemastralonline@gmail.com
 
Meu nome é Flávio Duarte e por muitos anos tenho reunido na internet pessoas de diversas cidades e países para juntos pesquisar e treinar técnicas. Nossa abordagem é científica e nos baseamos em pesquisas em grupo, experimento de técnicas e debates.

Viagem astral

Veja a seguir o vídeo de 3 alunas do nosso curso. O 1º é o da Thays, onde ela comprovou que realmente esteve fora do corpo visitando os pais. Quando ela voltou, ligou para eles na tentativa de confirmar se o que ela tinha visto fora do corpo era verdade. Foi aí que ela pôde comprovar que realmente esteve fora do corpo, pois suas percepções haviam sido corretas. Assista estes vídeos:

  
Após o play, dê 2 cliques para aumentar a tela
 
Há pessoas que passam anos frequentando diversas casas espíritas, na expectativa de encontrar algum médium que faça psicografias, incorpore ou traga alguma mensagem especial. Alguns chegam até a receber uma comunicação, mas tudo o que se pode fazer com uma mensagem mediúnica é chorar de saudades e se for uma carta, guardar no armário. Será que um pedaço de papel tem realmente algum valor?
 
O espiritismo tem conceitos e ideias realmente muito bons para se pesquisar. A ideia da comunicação com os desencarnados através da mediunidade é realmente muito interessante e útil. Porém o que vemos bastante o movimento espírita é a dependencia que as pessoas acabam ficando dos médiuns. No geral os centros espíritas não estimulam a autosuficiencia dos frequentadores. 
 
Ao invés de ficar dependente de médiuns, desenvolva a projeção da consciência e seja autosuficiente, é o mais inteligente a se fazer. Quem espera pela mediunidade de alguém, acaba ficando dependente do médium. Se você desenvolve a projeção, você se torna autosuficiente para enxergar o mundo espiritual e não precisará de alguém que enxergue por você. 
 
 
Imagine se você puder por si mesmo sair do seu corpo, visitar o seu ente querido esteja onde ele estiver e conversar normalmente com ele, assim como fazia quando ele estava encarnado? Imagine se você tivesse essa liberdade de continuar a sua convivência após o desencarne de seus familiares? Isso sim seria bom e proveitoso. E é justamente isso que tem sido o nosso foco: mostrar as pessoas que isso é possível.
 
Qualquer pessoa que siga uma metodologia séria de treinamento consegue o desenvolvimento. Já ensinei a projeção para pessoas que nunca tinham tentado na vida e elas conseguiram sair do corpo com lucidez. Se algumas pessoas conseguiram desenvolver o parapsiquismo, qualquer um também consegue, é apenas questão de treinamento e método apropriado.
 
Não praticamos a mediunidade porque queremos fazer com as pessoas enxerguem o mundo espiritual por si mesmas, isso sim é algo muito valioso. Apenas um pedaço de papel psicografado ou algum médium que fale alguma coisa a respeito da situação do seu parente, isso não ajudará você em muita coisa. Cada um de nós é quem devemos enxergar a realidade espiritual por nós mesmos. 
 
Eu fico muito feliz com o relato dos nossos alunos que durante os nossos treinos da viagem astral encontraram parentes fora do corpo e conversaram  pessoalmente. Isso é muito gratificante e realmente vale a pena. Tenha certeza que quando você começar a treinar a projeção, os espíritos que estão ligados a você saberão disso e aos poucos ajudarão você no seu desenvolvimento.