Viagem astral, porque não é tão fácil?

 
No segundo vídeo veja um comprovação da viagem astral que o nosso aluno James Pinheiro teve treinando a projeção, onde ele usou a técnica para ir fora do corpo até a casa da irmã dele. Chegando lá viu ela nitidamente durante a projeção. Após voltar para dentro do corpo, entrou em contato com ela pessoalmente e viu que ela realmente estava na casa dela naquele horário. James não podia ter adivinhado isto pois normalmente neste horário ela estaria trabalhando fora de casa.
 
O primeiro vídeo acima é um pouco antigo, mas mesmo assim gostaria de passar a vocês para comentar um pouco sobre este assunto. Atualmente o percentual de pessoas aqui na Terra que dominam completamente a projeção da consciência é  baixíssimo. O sistema de vida que se desenvolveu aqui neste planeta treina as pessoas para serem cegas.
 
Veja bem, as pessoas começam a encarnação sob a tutela de pais na maioria das vezes já cegos espirituais, habituados com um sistema onde o foco da atenção é apenas a dimensão física. Invariavelmente os pais estão despreparados para criar os filhos. Muitas crianças nascem com percepções extrafísicas, mas a maioria das vezes os pais não dão as melhores instruções. Quando a criança, por exemplo, relata a presença de algum espírito, muitos pais geralmente procedem da seguinte forma:
  • Acredita-se que seja algo do "demônio" e levam a criança à igreja a fim de o padre benzer;
  • levam-na ao psiquiatra acreditando que deve estar com alguma doença mental;
  • ou então simplesmente afirma para ela que trata-se apenas da imaginação, um amiguinho imaginário.

A criança vai sendo então condicionada desde a infância a se concentrar apenas na dimensão física e a esquecer a dimensão espiritual. Quando chega a época dela frequentar a escola, ela passará anos de sua vida aprendendo apenas coisas relacionadas a dimensão física. Nenhum professor ensinará sobre assuntos espirituais. O sistema educacional entulhará a mente deste jovem de assuntos altamente desnecessários, que o jovem terá que decorar apenas para passar na prova da escola. Depois que passam as provas, a maioria dos assuntos serão esquecidos porque nunca mais serão utilizados.

Passam-se os anos e o jovem chega à época em que terá que obrigatoriamente trabalhar para ganhar dinheiro, pois na nossa sociedade tudo gira em torno do dinheiro, sem dinheiro você não sobrevive. Então este jovem-adulto terá que trabalhar quase o dia inteiro. E a maioria dos trabalhos aqui neste planeta se relacionam apenas com a dimensão física.
 
Este jovem-adulto então começa a namorar, casa e tem filhos. Para sustentar os filhos, este adulto terá que trabalhar ainda mais e sobrará menos tempo ainda para o autoconhecimento.
 
Quando se chega (se chegar) na aposentadoria, depois de cerca de 60, 65 anos focando apenas na dimensão física, então sobra mais tempo para essa pessoa acordar espiritualmente. O que ela faz então? Não consegue ficar sem trabalhar, está viciado no trabalho. Ou então fica assistindo televisão o dia inteiro, jogando baralho ou dominó na praça o dia inteiro, sem nada fazer para despertar.
O que acontece quando essa pessoa "morre"? Ela que passou 70 ou 80 anos da sua vida sem experienciar com lucidez a realidade espiritual, focando apenas na dimensão física, é natural que esta pessoa fique totalmente desorientada, confusa, sem saber como agir na dimensão espiritual. Ela terá que passar alguns anos se reacostumando com a sua dimensão de origem: a dimensão espiritual.  

Escreva seus comentários

Escreva corretamente o seu email para que você seja notificado quando eu responder